terça-feira, 13 de dezembro de 2016

Mude antes da mudança!

Vivemos a era das Startups, de empresas que surgem pequenas e rapidamente tomam proporções gigantescas, uma era em que as oportunidades estão mais acessíveis, que a informação percorre o globo em milissegundos e as pessoas não tem medo de arriscar e apostar em suas ideias. Convivemos com a economia colaborativa e com o compartilhamento compulsório de informações, mas ao mesmo tempo vivemos a era da negligência aos riscos.


É verdade que uma simples ideia pode fazer grandes fortunas, como foi o caso do Facebook, Google, ou mais recentes, Uber e Airbnb. Mas temos o péssimo hábito de exaltar os que alcançaram o sucesso e de omitir os que ficaram pelo caminho.

Ao mesmo tempo que muitas pessoas e empresas alcançaram seus objetivos, outras milhares encararam o fracasso e seus custos financeiros, emocionais e sociais. Todos nós conhecemos alguém que não teve sucesso ao empreender e amarga as despesas até hoje.

Uma das principais características de todo empresário ou empresária de sucesso é a visão sobre o futuro, eles projetam metas e estratégias compatíveis com o ambiente que os cerca e, mais importante que isso, repensam suas ações toda vez que o ambiente sofre alguma mudança. A antecipação de ameaças é o que faz com que eles alcancem seus objetivos mais rápido e de forma mais segura.

Mas exatamente essa antecipação tem sido negligenciada em tempos em que tudo é muito rápido. Um empresário que se aventura no ramo de restaurantes, normalmente, já estabelece em sua estratégia ações relativas a sazonalidade de ingredientes, ou seja, se o carro chefe de seu cardápio será um prato que leva um ingrediente que é altamente suscetível a entre safras, com certeza irá traçar estratégias alternativas para resolver este problema. Mas será que ele prevê que um veículo pode colidir com a fachada de seu restaurante, ou que um cliente pode processar seu restaurante depois de ingerir um alimento que lhe cause alergia? Não falamos nem de culpa ou não do empresário, mas depois de um processo desta natureza sua clientela irá crescer? E as despesas judiciais?

As pessoas não tem o costume de pensar fora de suas zonas de conforto e é esta simples atitude que pode separar os sobreviventes dos que ficam pelo caminho. Os que conseguem derrubar o muro da invencibilidade e não ter pensamentos como "isso nunca vai acontecer", são os que não serão surpreendidos no meio do caminho.

A concorrência nos dias de hoje é brutal e não dá nenhuma margem para tropeços! Pode ser que esses eventos citados acima nunca aconteçam? Claro que sim, mas você está disposto a desistir de seu sonho caso eles aconteçam? E pior, está disposto a encarar uma lenta e dolorosa recuperação?

Mude antes que a mudança chegue! Antecipe todos os riscos que podem atrapalhar seu caminho e, protegido, invista no seu sonho, dedique-se a seus objetivos com a tranquilidade e segurança!

Não faz nem ideia de por onde começar? Existe um profissional que é profundo conhecedor de riscos: seu corretor de seguros. Ele vivencia frequentemente situações que podem expor o patrimônio de uma empresa ou uma pessoa e, melhor que ninguém, conhece as soluções para estes riscos.

Inclua no seu plano de negócios uma bate papo com um corretor de seguros de sua confiança, trace uma estratégia de proteção e siga rumo aos seus objetivos. Se não acontecer nenhum dos riscos que vocês previram, ótimo! Se acontecer, que ótimo que você está SEGURO!

3 comentários :