quinta-feira, 18 de agosto de 2016

Seguro para terceiros

Qual a cobertura do seu seguro para terceiros?

A grande maioria das pessoas contrata o seguro para terceiros, ou RCF em suas apólices de automóvel e sabem do que se trata, mas poucos se atentam a alguns detalhes importantíssimos.

Você sabia, por exemplo, que os valores para as duas coberturas são independentes? Você não precisa contratar o mesmo valor de cobertura para danos materiais e corporais! Aliás, nem deve! A cobertura de danos corporais é muito mais barata de se contratar que a de danos materiais.

Isso significa que contratar uma cobertura de danos corporais o dobro do valor contratado para a cobertura de danos materiais pode acrescentar poucos reais ao custo final de sua apólice e pode te propiciar muito mais cobertura. É verdade que pouco se indeniza eventos nesta cobertura mas você quer correr o risco de ter que pagar a diferença de uma cirurgia de coluna em uma vítima do carro que você, acidentalmente, colidiu? E se houver mais pessoas machucadas dentro deste carro. E se for uma van? E se for uma van escolar? Valerá a pena os reais economizados?

Outra informação muito interessante, é que as cobertura para terceiros tende a ficar mais barata de contratar quanto maior o valor da cobertura! Traduzindo, se contratar R$ 50.000,00 de danos materiais a terceiros em sua apólice, custou R$ 500,00, aumentar a cobertura para R$ 100.000,00 não necessariamente custará mais R$ 500,00 e sim, muito menos que este valor. Isso acontece pois a maioria das indenizações pagas pelas seguradoras são de valores baixos e, poucos são os eventos que atingem valores altos de indenização, barateando a contratação dessa faixas maiores.

Agora, se o valor de contratar altos valores de danos materiais e corporais a terceiros é mais barato a cada vez que aumentamos a cobertura você vai esperar ter uma surpresa para pedir ao seu corretor uma proposta de aumento dessas coberturas?

Avaliar o máximo de prejuízo que você pode causar ao seu bem é fácil, basta saber o valor do seu veículo, mas e o prejuízo que você pode causar a outras pessoas?

Lembre-se que as condições de sinalização, asfalto e infraestruturas de nossas ruas, avenidas e rodovias não são das melhores e todos estamos sujeitos à um acidente, vai esperar acontecer para se precaver?

Em relação a seguros muito se houve a frase "se amanhã acontece um acidente, você estará protegido?", mas vale alterar essa frase para sentirmos o tamanho do problemas que podemos estar envolvidos: "e se ontem você tivesse se envolvido em um acidente, você estaria amparado para indenizar a todos que causou prejuízo?"

Pense bem e fale com seu corretor!

Gostou do texto? Me ajude a vencer o concurso do CNSeg curtindo e compartilhando o post do link abaixo. Obrigado!!!
https://www.facebook.com/susepoficial/photos/a.639784316103967.1073741828.639740902774975/1070031413079253/?type=1&theater 

Nenhum comentário :

Postar um comentário